Festival de Literatura Oral leva apresentações culturais gratuitas para crianças e idosos

09 de Abril de 2024

A primeira edição do Falares - Festival de Literatura Oral, realizado pelo Selo Paraná Festivais, vem aí. Entre os meses de abril e maio, o evento vai promover gratuitamente 11 apresentações literárias orais em nove gêneros diferentes, tais como contação de história, cantiga de roda, repente, sarau, slam (campeonato de poesia falada), performance de poesia falada, espetáculo poético, batalha de rima e show de rap. O objetivo é integrar artistas da oralidade com o público de Maringá e região através de um espaço de encontro, difusão e consumo da palavra falada no interior do Paraná. 

O projeto é dividido em dois momentos. Em abril, acontecem as ações de contrapartida social do projeto, levando espetáculos de contação de histórias e cantiga de roda para o público infantil de escolas públicas da região periférica de Maringá e espetáculos de repente para o público idoso atendido pelo CRAS Morangueira e pelo Centro Dia do Idoso. Já a programação de rua acontecerá no dia 4 de maio na Vila Olímpica, das 13h30 às 22h. Toda a programação será gratuita.  

O projeto busca valorizar a literatura oral e o seu caráter estético, instigando a curiosidade do público por essas manifestações artísticas e incentivando o consumo delas.  “Queremos que o público tenha contato com a literatura oral em diferentes apresentações, a fim de desconstruir essa ideia engessada de que a literatura é restrita ao suporte do livro. Por isso, construímos um festival com nove gêneros orais diferentes para mostrar a diversidade da cultura brasileira”, explica a coordenadora geral e curadora do projeto, Érica Paiva Rosa.

No dia 16 de abril a Cia Pedras, que existe desde 1994 em Maringá, apresenta o espetáculo “Histórias” para o público infantil da Escola Municipal Ariovaldo Moreno (Jardim Alvorada). As personagens Pepita e Pirueta contam histórias inusitadas após acharem o livro da vovó, utilizando bonecos e ludicidade.

No dia 23 de abril, a dupla de repentistas Matheus Ferreira e Fabiane Ribeiro faz uma Cantoria de Repente, na qual criam versos improvisados com muitas modalidades, como sextilhas, motes em sete, decassílabos, desafios, martelos, galopes, canções etc. Os repentistas explicam ao público cada uma das modalidades e improvisam os versos na cantoria. O poeta Matheus Ferreira tem 22 anos, é natural de Santo André (SP) e há 10 anos trabalha efetivamente com cantoria, tendo iniciado a sua carreira acompanhando o pai, também repentista, Manuel Ferreira. A poeta Fabiane Ribeiro tem 24 anos, é natural de Açailândia (MA) e há seis anos trabalha com cantoria, tendo iniciado sua carreira acompanhando o pai, também repentista, Carlito Ribeiro. Eles se apresentam às 8h30 no CRAS Morangueira e às 13h30 no Centro Dia do Idoso.

Por fim, no dia 25 de abril é a vez da Cia Mirabólica, de Curitiba, levar duas apresentações de cantiga de roda para os alunos da Escola Municipal Victor Beloti, a partir das 13h30. Fundada em 2014 em Curitiba (PR) pelos artistas Luz Medeiros, Ronaldo Pituim e Maiara Barros, a Cia possui uma pesquisa focada na comicidade, na cultura popular brasileira e na palhaçaria.

O espetáculo de Cantiga de Roda evoca a musicalidade das famosas cantigas e das brincadeiras de roda, como Ciranda, Cirandinha; Capelinha de Melão; Peixe Vivo; Borboletinha etc. As crianças são protagonistas do espetáculo cantando e dançando com os artistas.

 

Serviço:

16 de abril às 10h na Escola Municipal Ariovaldo Moreno, Jardim Alvorada    

Espetáculo de Contação de história “Histórias”, da Cia Pedras (Maringá)

 

23 de abril – Espetáculo de Repente com Matheus Ferreira e Fabiane Ribeiro (Diadema / SP)?? 

Às 8h30 no CRAS Morangueira

Às 13h30 no Centro Dia do Idoso

 

25 de abril a partir de 13h30 na Escola Municipal Victor Beloti  

2 apresentações do espetáculo de Cantiga de roda com a Cia Mirabólica?(Curitiba)?? 

 

Ficha Técnica:

Realização: PR Educação e Cultura

Coordenação Geral e Curadoria: Érica Paiva Rosa

Produção Executiva e Coordenação Financeira: Pedro Marques

Coordenação de Comunicação e Social Media: Ana Favorin

Assistentes de Produção: Nathalia Kretschmer e Felipe de Moraes

Produção Audiovisual: Gabriel Brunini

Assessoria de Imprensa: 2 Coelhos Comunicação e Cultura

 

PROJETO APROVADO PELA SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA – GOVERNO DO PARANÁ, COM RECURSOS DA LEI PAULO GUSTAVO, MINISTÉRIO DA CULTURA – GOVERNO FEDERAL 

Você também pode gostar

1ª Zine Ingá terá exposição, debates e oficinas gratuitas nos dias 8 e 9 de junho
O zine é uma forma de publicação artesanal que, desde os anos 1970, tem sido escolhida por muitos artistas brasileiros, em especial os iniciantes e à margem do mercado editorial, para expressar suas ideias, poemas, letras de música, fotografia, colagem, desenho, entre out...
Documentário sobre a comunidade surda de Maringá está disponível no YouTube
Após sua estreia presencial no CineSesc no dia 3 de maio, o documentário “Uma história em muitas mãos” agora está disponível no YouTube, no canal do Maringá Histórica. Com roteiro de Miguel Fernando e direção de Thayse Fernandes e Daniele Miki, a obra aborda even...
Grupo Batucar promove espetáculo musical utilizando instrumentos não convencionais
No próximo dia 24, o grupo Batucar estreia seu segundo espetáculo musical em Maringá, intitulado “Arritmia”, promovendo seis apresentações gratuitas nos dias 24, 25, 26 e 31 de maio e 01º e 02 de junho, sempre às 20h, na A Toca Espaço Cultural. A proposta é ressig...