1ª Zine Ingá terá exposição, debates e oficinas gratuitas nos dias 8 e 9 de junho

20 de Maio de 2024

O zine é uma forma de publicação artesanal que, desde os anos 1970, tem sido escolhida por muitos artistas brasileiros, em especial os iniciantes e à margem do mercado editorial, para expressar suas ideias, poemas, letras de música, fotografia, colagem, desenho, entre outras manifestações artísticas. Por ser uma ferramenta autoral, com baixo custo de confecção, possibilita a criação de uma rede de contatos com outros artistas e com o público consumidor.

Com o objetivo de fortalecer essa cena, promover o encontro entre artistas e também a circulação de publicações independentes e artesanais em Maringá e região, a PR Educação e Cultura e o Coletivo Pé Vermelho irão promover a 1ª edição da feira Zine Ingá nos dias 8 e 9 de junho, na Coletiva Mostra Multicultural.

Viabilizada pelo Prêmio Aniceto Matti, a feira terá espaços para oficinas, debates sobre a editoração de zines e suas poéticas e exposição de zines confeccionados por artistas locais e nacionais, selecionados pelas poetas e produtoras culturais Ana Favorin e Érica Paiva Rosa. Haverá, ainda, um sarau com microfone aberto ao público presente.

“A Zine Ingá visa construir e fortalecer uma tradição zineira na cidade, movimentada pelo Coletivo Pé Vermelho há cinco anos e por artistas que atuam de forma isolada. Para isso, a Feira de Zines oferece à população uma oportunidade de conhecer publicações que não encontramos em livrarias ou bibliotecas, por exemplo, porque são feitas por artistas à margem do mercado editorial. Além de aprender a fazer um zine autoral, as pessoas também poderão acessar uma variedade de zines, conversar com seus criadores, entender o processo de confecção artesanal de cada exemplar e, assim, consumir o trabalho desses artistas”, explica Érica, também responsável pela coordenação geral do projeto.  

As duas oficinas oferecidas pelo projeto se complementam. Elas acontecem no sábado, dia 8, e serão ministradas por zineiras de Curitiba (PR), sendo uma de Criação Poética com Emanuela Siqueira e outra de Confecção de Zines com Daniele Rosa. Para cada uma delas há 20 vagas. As inscrições são gratuitas e todos os materiais necessários para a montagem dos zines também serão disponibilizados gratuitamente.

 

Serviço:

Zine Ingá

Dias 8 e 9 de junho (sábado e domingo).

Dia 8 com oficinas, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Dia 9 com a Feira de Zines, das 15h às 20h.

Local: Coletiva Mostra Multicultural (Rua Padre Viêira, 443 - Zona 7, Maringá – PR).

Classificação indicativa: 12 anos.

 

Programação da Feira de Zines:

· 1 exposição de zines confeccionados nas oficinas da Zine Ingá;

· 10 estandes de exposição com trabalho de 14 zineires (com materiais para venda, troca e distribuição gratuita);

· 1 roda de conversa com oficineires e participantes das oficinas sobre suas experiências de criação;

· 1 bate-papo sobre a editoração de zines e suas poéticas com zineires locais e nacionais

· 1 sarau poético com microfone aberto ao público.

Serão distribuídas gratuitamente 100 unidades de um catálogo artesanal com trabalhos e contatos dos zineires, além de zines disponibilizados pelos expositores.

Gratuito e Acessível em Libras

 

Oficina 1 - Criação Poética

Dia 8 de junho das 9h às 12h

Conteúdo: Criação dos textos e ilustrações

Ministrante: Emanuela Siqueira (PR)

É tradutora e colecionadora de fanzines desde 2001. Desenvolve oficinas, residências, laboratório e pesquisas sobre a prática fanzineira feminista com Daniele Rosa sob o nome de Fanzine Grrrls em Curitiba.

Oficina 2 – Confecção de Zines

Dia 8 de junho das 14h às 17h

Conteúdo: Montagem de um zine autoral

Ministrante: Daniele Rosa (PR)

Escreve, faz zine e media leituras. Integra a Conserva Edições, onde edita fanzines e publicações artesanais; e a Membrana, grupa crítica-afetiva de pessoas que escrevem. Além de fanzines, participou de coletâneas, revistas impressas e eletrônicas, e publicou os livros Perpétuo (Urutau, 2021) e café da manhã com arranha-céus (Independente, 2023).

 

Link de inscrição para as duas oficinas aqui.

 

Ficha Técnica:

Realização: PR Educação e Cultura e Coletivo Pé Vermelho

Equipe de Produção:

Érica Paiva Rosa – Coordenação Geral e Curadoria

Pedro Marques – Produção Executiva e Coordenação Financeira

Ana Favorin – Curadoria e Mediação

Gabriel Brunini – Produção Audiovisual

2 Coelhos Comunicação e Cultura – Assessoria de Imprensa

 

Saiba mais em @slampevermelho

 

Produzido com verba de incentivo à cultura

Lei Municipal de Maringá nº 11200/2020

Prêmio Aniceto Matti/PMM.  

Você também pode gostar

Espetáculo de dança-teatro que investiga o universo poético da água estreia em Maringá
“Mizu”, espetáculo de dança-teatro, estreia dia 23 de junho no Teatro Barracão, onde também se apresenta nos dias 24 e 25. Depois, encerra a temporada nos dias 29 e 30 de junho no Arena das Artes, sempre com entrada gratuita. Viabilizado por meio do Prêmio Aniceto Mat...
Motim - Festival de Literatura Popular agita Maringá com shows, oficinas e muito mais
Maringá vive um bom momento para a literatura, com diversos festivais acontecendo em 2024. Mais um evento terá início com dois dias de programação, em 15 e 16 de junho. O Motim – Festival de Literatura Popular foi criado para celebrar a literatura em suas mais diversas ...
Encerramento do Ficcab acontece dia 15 com oficinas e apresentações de cultura popular gratuitas
A segunda edição do Ficcab - Festival Infantil de Capoeira e Cultura Afro-Brasileira, viabilizada por meio do Prêmio Aniceto Matti, terá seu encerramento no dia 15 de junho, com atrações no Centro Cultural Sucena e no Teatro Reviver Magó. O projeto teve início em f...